Como patentear uma ideia? - Marcas e Patentes BH
(31) 3292-7257 (31) 3292-7257 (31) 9 8862 0363
OLa
h555 Como patentear uma idéia
IT

Como patentear uma ideia?

Como patentear uma ideia de forma 100% segura.

Como patentear uma ideia?

De repente, uma ideia – uma concepção original de um princípio geral para uma possível criação. Qual o próximo passo? A patente é um título de exclusividade sobre uma invenção que concede ao titular o direito exclusivo sobre o conteúdo de forma legal, sob os preceitos de uma autarquia federal, o INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). No artigo de hoje, vamos explicar como o processo é realizado e as suas especificações frente ao INPI.

Como o processo de patentear uma ideia é realizado?

O procedimento ocorre por meio do INPI, mas antes de se iniciar o processo, o titular deve conferir junto ao órgão se os critérios seguem com as normas impostas pelo Instituto, e se já existe o registro da patente no mercado. O pedido de concessão deve ser acompanhado pelo inventário com todas as informações sobre a sua criação – e se essa segue todos os preceitos da Lei de Propriedade Industrial (LPI).

É primordial a busca a fim de analisar se a sua invenção é patenteável ou não, por isso é importante à pesquisa prévia no site do INPI. A solicitação do pedido deve acompanhar do pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU), mas é necessário o cadastro prévio no site eletrônico do Instituto.

 

Quais são as documentações necessárias? – Como patentear uma ideia

O pedido para patentear uma ideia pode ser iniciado após os documentos reunidos pelo titular. Como o histórico informacional da tecnologia, as suas diferenças em relação aos produtos já existentes no mercado, o pedido de patente, a listagem de sequências, e o comprovante de pagamento da GRU.

O INPI recomenda que a carta, onde consta o pedido, deve ser redigida com a ajuda de um especialista no assunto, por causa dos termos técnicos que a autarquia federal solicita.

Se você possuir dificuldades durante o processo, o INPI disponibiliza um manual com as orientações, que contém o passo a passo para realizar o pedido. Recomenda-se a procura de uma Consultoria que visa o auxilio durante todo o pedido de concessão da patente de uma ideia.

Como patentear uma ideia – Com mais SEGURANÇA

Muitas vezes acreditamos ter criado algo, quando, na verdade, várias pessoas ao redor do mundo já tiveram a mesma ideia. Se sua invenção for parecida com outra já patenteada, mesmo que a outra tenha sido patenteada na China, o INPI não te concederá o Registro de Patente. Por isso, antes de registrar uma patente é importante fazer uma pesquisa, tanto em bancos de patentes nacionais quanto internacionais, para saber se sua invenção já existe.

Sempre antes de iniciar um Registro é essencial que seja realizada a Busca de Anterioridade de Patentes, para evitar problemas futuros. Trata-se de um serviço técnico realizado por especialistas com expertise em pesquisas e conhecimento em bancos de patentes internacionais.

Ao realizar uma Busca de Anterioridade de Patentes, os ganhos são inúmeros, como por exemplo:

  • Tendo em vista que se seu produto for inédito, você terá oportunidade de requerer uma patente internacional, via PCT – Tratado de Cooperação de Patentes, com extensão em mais de 145 países ao redor do mundo.
  • Caso sejam encontrados produtos similares, ainda existe uma chance de você criar um diferencial diante dos critérios exigidos pelos órgãos (nacional e internacional) e requerer o pedido.
  • Em último caso, se seu produto for muito similar aos produtos que porventura possam ser encontrados, você tem a chance de cancelar o seu projeto, sem maiores prejuízos de tempo e recursos financeiros investidos em algo que será indeferido por já existir o registro formal.

Entre em contato  e solicite sua Busca de Anterioridade de Patentes já!

 

Quanto tempo o INPI demora a conceder a patente?

Após o envio do pedido, com todas as exigências prescritas acima, a patente ficará em sigilo por 18 meses. Posteriormente, o titular deve requerer o exame da sua patente junto ao INPI. Você deverá conferir todas as anuidades referentes ao pedido de patente, e mantê-las debitadas frente ao INPI.

As anuidades deverão ser pagas após dois anos do depósito do pedido, até a vigência da patente. O registro da patente é válido por vinte anos, contados a partir do depósito do pedido.

As patentes mais valiosas do mundo

Se você está pensando em patentear sua ideia, na certa já tem em mente conseguir ganhar alguma coisa com sua invenção. Mesmo as mais elaboradas e bem-sucedidas patentes começaram a partir de uma ideia simples e bastou que se acreditasse o suficiente para que elas se tornassem realidade.

O registro de patentes é essencial para o sucesso de uma ideia. Sem que ela seja registrada e uma patente emitida é possível que qualquer pessoa ou empresa faça uso de sua invenção e consiga lucros com ela, te deixando a ver navios.

A ideia é o primeiro passo, seguido de aprimorá-la e registrar a patente. Se você está começando a pensar nesse processo, que tal brincar de vislumbrar a possibilidade do sucesso vindouro e dar uma olhada na lista das marcas mais valiosas do mundo? Lembre-se sempre que elas começaram com ideias e patentes até se tornarem verdadeiros impérios.

Confira a lista:

  • Google

 

O Google continua sendo a marca mais valiosa do mundo, um título que já detém há sete dos últimos 11 anos.

Seu valor é de mais de 245 bilhões de dólares –  aumentou em 7% em 2016. A empresa transformou-se de um simples mecanismo de busca em uma marca de estilo de vida global, diz Doreen Wang, diretor global da BrandZ.

A marca Google está associada a pesquisas inovadoras, carros autônomos e serviços on-line úteis, como o Google Drive, o Google Docs e o Google Maps.

 

  • Apple

 

O valor da marca Apple cresceu 3%, chegando a 235 bilhões de dólares, o que permite manter o segundo lugar nessa classificação. No entanto, a marca perdeu algum brilho desde 2015, quando alcançou o número 1 no ranking BrandZ.

Wang diz que “a velocidade da inovação no ano passado não foi percebida tão rapidamente quanto o Google ou a Amazon”.

A lista depende fortemente das percepções do consumidor. Se as pessoas não perceberem que a Apple é inovadora, o valor de sua marca é afetado.

 

  • Microsoft

 

A Microsoft se estabilizou em terceiro lugar nos últimos três anos. Seu valor de marca aumentou 5% e chegou a 143 bilhões de dólares.

“A palavra-chave é Microsoft Cloud”, diz Wang, acrescentando que o sucesso da “nuvem” da empresa e seus serviços de negócios ajudaram a melhorar a percepção do consumidor.

A Microsoft gera cerca de um terço de suas receitas e quase 40% de sua margem operacional de sua linha de negócios Intelligent Cloud. Vale lembrar que a cada nova linha de negócio criada, várias patentes são registradas.

Os investidores estão claramente satisfeitos com a empresa: as ações cresceram 16% desde o início de 2017.

 

  • Amazon

 

A Amazon está em alta desde o ano passado e seu valor de marca subiu 41%, chegando a 139 bilhões de dólares.

A gigante do varejo oferece uma ampla gama de serviços: compras on-line, endereços de produtos comestíveis, computação em nuvem e entretenimento estão apenas na ponta do iceberg. Ele continua a desenvolver seus serviços de inteligência artificial e sua assistente digital pessoal, Alexa, grande ideia que aumentou a lista de patentes registradas pela Amazon.

Os investidores perceberam isso e as ações da empresa cresceram 34% desde janeiro passado.

 

  • Facebook

A marca do Facebook continua a ter bom desempenho, apesar dos escândalos sobre notícias falsas e eventos violentos que foram transmitidos ao vivo em sua plataforma.

Os usuários acreditam que o Facebook é “amigável” e “útil”. Isso ajudou a levar os anunciantes à rede social e os usuários não parecem se importar muito com o crescimento do conteúdo publicitário.

O valor da marca do Facebook aumentou em 27% durante o ano passado e agora está em 130 bilhões de dólares.

 

O que é uma patente?

Tudo bem, muito já foi dito sobre a importância de se patentear uma ideia, mas o que exatamente é uma patente?

Uma patente é um direito exclusivo concedido pelo Estado para a proteção de uma invenção, que fornece direitos exclusivos que lhe permitirão usar e explorar sua invenção e impedir que terceiros a usem sem o seu consentimento. Se você optar por não explorar a patente, poderá vendê-la ou ceder os direitos a outra empresa para comercializá-la sob licença.

As patentes, também conhecidas como patentes de invenção, são o meio mais difundido de proteger os direitos dos inventores.

Uma patente significa o direito exclusivo concedido pelo Estado para a proteção de uma invenção. A patente confere ao seu titular o direito exclusivo de impedir que terceiros explorem comercialmente a invenção protegida por um período limitado de tempo em troca da divulgação da invenção ao público. Assim, o titular da patente (titular) pode impedir outros de fazer, usar, colocar à venda, vender ou importar a invenção patenteada sem a permissão, e que pode processar explorar a invenção patenteada sem a permissão

 

Gostou desse artigo de como patentear uma ideia ? Então, assine nossa newsletter para receber mais novidades como essa!

Leave a comment