Pequenos negócios lucrativos - Marcas e Patentes BH
(31) 3292-7257 (31) 3292-7257 (31) 9 8862 0363
OLa
h555 Pequenos negócios lucrativos
IT

Pequenos negócios lucrativos

Antes de começar, lembre-se de que as pequenas empresas podem ter duas concepções diferentes:

Baixo Custo: priorizam a quantidade, sacrificando um pouco a qualidade. Eles são típicos de grandes mercados em que não há concorrência pela qualidade, o que importa é vender.

Premium: ideias de negócios que priorizam a qualidade para atender um comprador, pessoa muito específica. Eles não competem com grandes corporações.

Algumas das ideias a serem expostas serão exclusivas para uma dessas modalidades, mas em sua maioria podem ser feitas qualquer uma dessas duas formas de fazer negócios. Confira algumas dicas de pequenos negócios lucrativos.

 

– Programa de afiliados da Amazon

Os programas de afiliados em geral qualificam-se como pequenos negócios lucrativos, porque no começo o que se obtém como lucro é pequeno, mas é claro que em diferentes áreas há pessoas construindo impérios multimilionários com esses royalties e comissões.

Naturalmente, não estamos falando sobre os programas de afiliados tradicionais e em pirâmide que vendem produtos de emagrecimento ou de limpeza doméstica. Nós falamos sobre programas afiliados digitais como a Amazon, por exemplo.

No caso da Amazon, nos é dada a oportunidade de anunciar produtos em nosso site e comissões de vendas. Até 10% para cada venda, um valor que não cai de todo ruim para o bolso.

Para se juntar ao programa, a Amazon oferece um guia muito completo, por isso, para entender completamente o programa é bastante simples.

A estratégia mais inteligente é reverter o conteúdo do nosso site e começar a falar sobre os produtos da Amazon que melhor se encaixam nele. Podemos até nos aventurar como vendedores nessa plataforma completa, então fechamos um ciclo de negócios perfeito.

É claro que devemos sempre respeitar o Inbound Marketing e vender sem vender. Simplesmente devemos incluir um ou vários links em nosso site e adicionar copywriting ao que fazemos para que o leitor ou visitante ache o produto interessante e clique no link, o resto será a descrição do produto.

 

– Influenciador

Ser uma personalidade de rede social está se tornando mais lucrativa a cada dia. No entanto, os milhares ou milhões de seguidores que podem ser capitalizados não são sinônimos de lucratividade astronômica. Por causa disso, ser um influenciador se qualifica como um pequeno negócio; Claro, um com boas chances de crescimento rápido.

Os influenciadores estão resumidos em dois aspectos:

– Aparência

– Conteúdo

Como eles se parecem e o que compartilham; essa é a base de tudo. A partir daí o negócio de ser influenciador varia muito. O público que abordamos e as questões a serem tocadas serão nossa escolha.

A entrada econômica para a publicidade é importante e as alianças comerciais trazem benefícios sedutores. Há muitas maneiras de gerar receita com redes sociais quando os seguidores são fiéis a nós.

Essa pode ser uma ótima opção para jovens que acham que têm algo de valor para contribuir com seus colegas.

 

– Blogging

Praticamente qualquer tipo de negócio tem vida com um blog. É um dos eixos centrais quando o marketing de atração é falado, por isso, apesar de os blogs remontarem a vários anos, sua presença no mercado é garantida pelo menos nos próximos 5 anos.

Qualquer negócio, seja uma marca pessoal ou uma marca corporativa, cresce exponencialmente quando você compartilha conteúdo em seu blog. Já que é o espaço ideal para compartilhar conteúdo valioso.

Não tenho nada contra o compartilhamento de conteúdo nas redes, mas seu formato não é confortável para tudo, então oportunidades importantes são perdidas.

Em um blog você pode aplicar uma boa cópia e ser breve como Twitter; ser gráfico como no Instagram ou Pinterest; formalmente como LinkedIn e compartilhar vídeos como no Youtube, além de muitos outros benefícios.

O blogging também funciona quando o usamos como uma ferramenta de marketing (incluindo programas de afiliados anteriormente compartilhados nesta linha) e quando vender espaço publicitário. Caso contrário, não é possível monetizar ele.

Se escrever é a sua paixão ou se você é apaixonado por compartilhar o que você sabe, o blog é a ferramenta de negócios ideal e lucrativa para você.

 

– Food Trucks

Food Trucks

O grande boom de Miami se espalhou por todo o mundo e 2019 é o melhor ano para começar neste lucrativo negócio.

Um Food Truck é basicamente uma cozinha móvel, mas com o nível de marketing de um grande negócio de fast-food. Naturalmente, como no mundo da culinária, a lucratividade tem muito a ver com a qualidade da comida.

É um mercado pelo qual você tem que estudar muito o produto para oferecer e as leis de nossa jurisdição, porque nem todos os lugares são considerados legais. Mas quando as duas luzes são verdes, é um negócio que começa rápido.

Sobremesas, comida típica, fast food, comida internacional, você pode oferecer tudo em um desses restaurantes móveis.

Para que esse negócio maximize a lucratividade, precisamos ter claro qual é o melhor lugar para estacionar. O positivo do ponto ser móvel é que ele representa múltiplas possibilidades de venda. Quando a limitação de estar preso a um determinado local desaparece, o Food Truck pode passar para um festival especial ou para a área turística.

O mais importante é estar conectado ao mundo digital. Os clientes devem saber onde nos encontrar, por isso é necessário preparar uma rota de sabor e compartilhar nossa localização nas redes sociais.

 

– Desenvolvimento de aplicativos

Instagram, Snapchat, Tinder e muitos jogos que se tornaram virais são um ótimo exemplo de como um aplicativo é uma fábrica de milhões. Claro, antes de chegar a esse ponto, eles tiveram uma fase de crescimento.

As ilustrações clássicas para os negócios de desenvolvimento de aplicativos são redes sociais, mas o Uber é outro bom espelho do empreendedorismo digital no qual se inspirar.

Existem muitas oportunidades que o mundo digital pode satisfazer; ideias são contadas em milhões e cada cabeça é um mundo, então cada um de nós pode materializar uma aplicação diferente.

Muitos dos aplicativos móveis mais utilizados e reconhecidos nem vendem nada nem fornecem um serviço por conta própria. Os melhores – os mais lucrativos – são aqueles que facilitam a vida dos usuários e oferecem serviços terceirizados e conectividade.

Em outras palavras, eles conectam duas pessoas ou entidades; um que oferece e outro que procura.

Não é necessário ser um especialista em computação ou programação para começar, podemos ser os autores intelectuais da ideia e contatar um programador para contratar ou associar. Sim, o mais inteligente é deixar tudo por escrito para cuidar da nossa ideia de negócio.

 

– Criptomoedas

Bitcoin foi a rainha das criptocorrências em 2018, espetacular segundo especialistas. Este ano já tem um precedente, os irmãos Winklevoss, aqueles que processou Mark Zuckerberg por “roubar” a ideia por trás do Facebook, tem tudo para se tornar bilionários Bitcoin …, mas não sobre bilionários nenhum, mas o primeiro neste mercado digital.

Não é uma coisa pequena este sinal enviado por duas mentes mestras de negócios.

A edição digital da prestigiosa revista Forbes teve um mês muito agitado falando sobre a moeda. O que eles previram para 2018 foi simplesmente extraordinário para os investidores nesse mercado.

Em 2018, pensava-se que o negócio que não aceitaria Bitcoins e estivesse nos grandes mercados seria simplesmente deixado para trás. Mesmo que os bancos não encontrassem uma maneira de adotar essa moeda, eles também veriam como suas contas seriam deixadas para depositar o dinheiro resultante da troca dessa moeda.

Também foi dito que economizar em Bitcoins, aceitá-los em nossos negócios e até mesmo minerá-los, seria mais lucrativo do que nunca em 2018.

Mas visto como o bitcoin evoluiu, é melhor ir com os pés de chumbo antes das novas criptomoedas. Uma vez que, apesar do que a Forbes diz e com tantos bons presságios que tivemos, resta saber até que ponto essas criptomoedas avançam ou se é uma bolha financeira. Lembre-se de que, como qualquer outro investimento, existe um risco, então a melhor coisa que você pode fazer é investir apenas o que pode perder.

Leave a comment