Qual a diferença entre lucratividade e rentabilidade – Marcas e Patentes BH
Solicite um Orçamento: 0800 580 0363
OLa
h555 Qual a diferença entre lucratividade e rentabilidade
IT

Qual a diferença entre lucratividade e rentabilidade

Qual a diferença entre lucratividade e rentabilidade?

O grande sonho de pequenos empreendedores é que a sua empresa cresça e se torne uma referência naquele ramo de atuação. Apesar de ser uma tarefa difícil e um caminho cheio de obstáculos, algumas pessoas conseguem romper as barreiras do sonho e chegar lá. No entanto, nesse meio do empreendimento existe uma dúvida bastante comum: O que define o sucesso de uma empresa?

Bom, entre tantas dúvidas e opiniões diferentes, uma coisa que não podemos deixar de lado é o capital. Apesar do reconhecimento, do prestígio social, dentre outros fatores, o que geralmente define o sucesso de uma empresa é o capital envolvido. É praticamente impossível que um negócio tenha sucesso no geral sem ter, também, um sucesso relacionado ao retorno financeiro.

E por isso é tão importante um setor que cuida majoritariamente disso em sua empresa. Para facilitar a vida de quem está começando agora nesse ramo, nesse artigo falaremos da diferença entre a lucratividade e a rentabilidade. Grande parte das pessoas sabe que esses dois termos se referem a movimentações e resultados financeiros, mas muitas vezes os associam como sinônimos, o que é algo muito errado. Leia todo o artigo e descubra as diferenças!

A Lucratividade e a Rentabilidade

Antes de entrarmos mais afundo no assunto, daremos uma definição rápida do que é lucratividade e rentabilidade, a fim de que o leitor mais experiente consiga entender de cara o que significa cada um desses termos.

Basicamente, a lucratividade é o valor líquido – ou seja, o lucro – que se tem a partir de um determinado produto. Em outras palavras, essa conta chegará a uma conclusão do ganho que se tem em cada venda realizada sobre um item em específico.

Já a rentabilidade tem o objetivo de levar em conta o lucro líquido e também todo o valor que foi investido naquele produto ao longo do tempo, não só os preços que foram pagos no item em si. O objetivo do cálculo da rentabilidade é de quantificar qual é/qual será o ganho sobre o investimento que se teve no seu negócio em longo prazo.

Como calcular a Lucratividade?

Já foi comprovado que a mente humana trabalha significativamente melhor quando são dados exemplos. Isso se dá pelo fato de que, quando conseguimos imaginar uma situação, fica muito fácil entender as definições previamente dadas. Por isso, vamos agora a exemplos acerca da Lucratividade e da Rentabilidade, entrando também na forma de como calcular esses dois números.

Começaremos com a lucratividade, em um exemplo de loja de suplementos: Para calcular a lucratividade, precisaremos antes de tudo escolher um produto em especial. Nesse caso será o Whey Protein, suplemento alimentar mais famoso no mundo da musculação.

O Whey Protein, nessa loja especializada em suplementos de nome X, é comprado pelo distribuidor por R$ 70,00. No entanto, no momento de repassar para o consumidor, esse produto é vendido pelo preço de R$ 100,00. Ou seja, ao vendê-lo, o empreendedor está ganhando R$ 30,00. Agora que já temos os dados, vamos à fórmula: (nesse caso, a receita total pode ser entendida como o valor que o produto será repassado ao consumidor)

Lucratividade = Ganho Líquido (Lucro) x 100 / Receita Total

Lucratividade = 30 x 100 / 100

Lucratividade = 3000 / 100

Lucratividade = 30%

OBS – O Valor final da lucratividade sempre será em porcentagem

Neste exemplo em específico podemos dizer que a lucratividade sobre o Whey Protein é de 30%. Esse número serve para saber qual o valor que se ganha com cada venda de um item. Com esse número em mãos é possível saber, nesse caso do exemplo, qual é o suplemento de sua loja que mais te rende lucros e, dessa forma, deverá ter a sua venda priorizada.

Como calcular a rentabilidade?

Como já falado anteriormente, a rentabilidade é uma análise do retorno financeiro acerca do investimento total na empresa. Vamos voltar ao exemplo da loja de suplementos e pensar em outra situação fictícia: Pense que esta loja está pensando em mudar de local para impulsionar as suas vendas, pois o bairro em que está localizada não oferece muito movimento em horários comerciais.

Pensemos que essa mudança será para uma loja maior: A fim de viabiliza-la, será necessário toda uma estrutura, obras no local que não está pronto, compra de mais produtos para a loja não ficar vazia, dentre outros. Todos esses procedimentos farão com que sejam gastos um valor de R$ 20.000,00. No primeiro mês, a fim de fazer um balanço comercial e já descontando os gastos, o valor de ganho líquido envolvendo todas as vendas foi de R$ 3.000,00.

Com esses dados em mãos, poderemos aplicar a fórmula da rentabilidade:

Rentabilidade = Lucro líquido x 100 / Investimento

Rentabilidade = 3000 x 100 / 20.000

Rentabilidade = 300.000 / 20.000

Rentabilidade = 15%

OBS – O Valor final da lucratividade sempre será em porcentagem

No nosso exemplo da loja de suplementos foi possível observar que a rentabilidade para a nova loja é de 15%. É claro que esse valor irá variar de mês em mês, mas é um bom parâmetro para saber o quanto aquele negócio pode ser bom para você. Uma rentabilidade em acima de 10% já é uma boa para a grande maioria das empresas!

Como os primeiros meses de uma empresa são geralmente instáveis, dado principalmente ao desconhecimento dos clientes acerca daquele negócio, o mais recomendado é que se faça uma análise de rentabilidade depois de 12 meses de funcionamento da empresa, a fim de se obter dados melhores sobre os seus investimentos.

Conclusão

O sucesso de uma empresa pode ser entendido de diversas maneiras diferentes, mas sabemos como o retorno financeiro é essencial para que o crescimento continue sendo um fator para o negócio. Dessa forma, analisar como as negociações são feitas e quais são os valores financeiros relacionados ao dinheiro é altamente necessário para esse sucesso.

Por esse motivo, contar com um setor que fique responsável pelo dinheiro e por todas as movimentações de capital é essencial para que uma empresa consiga se manter no mercado e se tornar uma referência no seu ramo de atuação. Se você ainda tem alguma dúvida sobre esse ou demais temas do mundo do empreendimento, deixe aqui nos comentários e responderemos assim que pudermos!

 

Leave a comment